Ginástica olímpica – feminina

Não me interpretem mal pelo post anterior, por favor.
Aliás, que dó da pequena – mas competente – Ana Cláudia na prova das barras paralelas! Ela caiu no colchão na finalização porque machucou a mãozinha! Pena de verdade da carinha de dor dela.
Esses atletas se machucam bastante, é o risco, eu sei. Mas eu fico pensando nos pais dela vendo a cena. OK, estou fazendo drama, pois afinal ela não morreu na frente das câmeras. Mas eu imagino que frustração quando você se dá conta de que o limite é o seu corpo. Você quer continuar, mas seu corpo o impede, você sofre uma lesão e os sonhos de conquistar uma medalha são cancelados – pelo menos por 4 anos, até a próxima disputa olímpica. É muito tempo.
Eu sinto isso – em menor escala, claro -, quando tenho uma inflamação na garganta ou algo assim e não posso cantar. Tento me tratar o mais depressa possível para voltar a fazer o que adoro. Mas até lá, o jeito é não culpar o meu organismo, se não ele não coopera rs.
É preciso muita força de vontade.

~ por Giovanna R. em 10 agosto, 2008.

Uma resposta to “Ginástica olímpica – feminina”

  1. eo amu mtoO a GINÁTICAAAAAAA.
    bjoOkssss

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: